Responsive imageDr. Rodrigo Zoccal Rosa – Membro do Núcleo Institucional de Promoção e Defesa da Criança (NUDECA) da Defensoria Pública do Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul.
Responsive imageJosé Carlos Sturza de Moraes – Conselheiro do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (CONANDA ).
Responsive image

PEDHCA-MS

O Plano Estadual Decenal dos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes de Mato Grosso do Sul – PEDHCA/MS é resultado do convênio celebrado entre a Organização Mundial para Educação Pré-Escolar/Brasil/Mato Grosso do Sul (OMEP/BR/MS) e a Secretaria Especial de Direitos Humanos do Ministério das Mulheres, da Igualdade Racial, da Juventude e dos Direitos Humanos (SEDH-MMIRJDH), com nanciamento do Fundo Nacional para a Criança e o Adolescente, por meio do chamamento público do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente – CONANDA. A elaboração do Plano é coordenada por uma Comissão Intersetorial e Interinstitucional instituída pelo Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (CEDCA-MS).









Seminário de lançamento da proposta do PEDHCA – MS – dia 25 de maio de 2016, no Teatro Prosa (Sesc/Horto), localizado na Rua Anhanduí nº 200, bairro Amambaí, Campo Grande – MS.

Formação dos Atores Sociais do Sistema de Garantia de Direitos – curso a distância em ambiente virtual de aprendizagem (AVA) para conselheiros de direitos, conselheiros tutelares, gestores e técnicos de serviços públicos, representantes da sociedade civil organizada e outros prossionais que atuam com o segmento infantojuvenil. Para mais informações sobre a inscrição no curso, acesse o link: www.omepms.org.br/pedhcams/ - Plano Estadual Decenal dos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes/MS.

Encontros com os atores sociais de 9 regiões de MS – serão agendados com os conselhos de direitos, para o levantamento de dados sobre a situação dos direitos de crianças e adolescentes, nas cidades-polos de Corumbá, Campo Grande, Dourados, Jardim, Nova Andradina, Naviraí, Ponta Porã, São Gabriel do Oeste e Três Lagoas.

Participação de crianças e adolescentes – representatividade por gênero, raça/etnia, orientação sexual, localização geográfica, com deficiência, com direitos ameaçados, violados ou em medidas socioeducativas.

Notícias